Será que usar o creme de proteção solar com a data de validade vencida pode causar algum problema a nossa saúde?

O protetor solar que sobrou do ano passado pode ser reaproveitado? Sua eficácia ainda está garantida ou temos que comprar um novo produto? Vamos descobrir como identificar a data de validade dos filtros solares e quais são os métodos corretos para armazená-los.

Então, se você tem algum protetor antigo aí na sua casa e deseja saber se pode usar protetor solar vencido, leia com a gente até o final, pois trouxemos uma dica especial para você!

Os protetores solares têm data de validade?

Para respondermos se podemos usar protetor solar vencido, primeiro temos que saber sobre a sua data de validade. Todos os dermocosméticos e protetores solares não têm prazo de validade real, mas têm um prazo dentro do qual devem ser consumidos após a abertura.

Um cosmético é mantido intacto até ser aberto, mas uma vez aberto deve ser consumido nos meses indicados por esse período que mencionamos. Mas como identificar esse período na embalagem do protetor solar?

O mesmo é mostrado com a imagem de um jarro aberto e um número. Esse número mostra um valor numérico ao lado da letra “M” que indica os meses em que é melhor usar o produto. A maioria dos filtros solares costuma ter uma maturidade entre 9 e 12 meses.

Então, pode usar protetor solar vencido? Se ele estiver dentro desse período de uso após abertura, a resposta é sim.

Como saber se o fator de proteção ainda é eficaz?

Muitas pessoas perguntam como usar filtros solares vencidos. Na verdade, seria melhor não usar um produto que tenha passado dos meses relatados pelo “período após a abertura”.

Então, pode usar protetor solar vencido? Ao contrário dos alimentos, os dermocosméticos vencidos não têm contraindicações graves para a saúde do organismo, mas certamente não garantem a eficácia do passado.

Aparentemente um dermocosmético ainda pode ser mantido em bom estado (com uma boa cor e um bom aroma) o que pode ser enganoso para o consumidor que está convencido a aplicar o protetor solar ou o cosmético e obter os mesmos resultados de quando utiliza dentro de seu prazo de validade.

Se escolhermos aplicar um protetor solar vencido, não podemos esperar manter a pele protegida contra queimaduras solares, nem mesmo as mais leves, quem dirá então daquelas severas causadas por horas de exposição ao sol.

Qual é a maneira certa de armazenar um protetor?

Mesmo os protetores solares devem ser armazenados em local fresco e seco, possivelmente protegidos da luz.

Obviamente, por se tratarem de produtos que nos acompanham frequentemente à praia, nem sempre é fácil respeitar as boas regras de conservação. Para melhor preservar um protetor solar à beira-mar,  você pode colocá-lo na sua bolsa e à sombra, talvez sob um guarda-chuva.

O que acontece se você usar um protetor solar vencido?

Já respondemos se pode usar protetor solar vencido, mas o que acontece conosco caso utilizarmos? Como antecipamos, o vencimento dos cremes solares pode se traduzir em uma proteção não tão eficaz contra a radiação solar.

Como resultado, a pele pode estar mais sujeita a manchas de sol, vermelhidão, irritação, queimaduras solares e eritema. Além disso, os raios ultravioleta aceleram os processos de envelhecimento e com isso a pele envelhece mais rápido, apresentando rugas mais evidentes, pele seca e descoloração.

Não prestar atenção no prazo de validade dos filtros solares também pode gerar consequências de longo prazo, como câncer de pele.

Como usar o protetor solar que sobrou do ano anterior?

O ideal é escolher tamanhos não muito grandes de protetores solares para não ter que jogar fora os filtros solares vencidos no verão anterior.

Também é importante reaplicar o protetor solar várias vezes ao dia (aproximadamente a cada duas horas) para manter a pele sempre protegida e afastada dos raios ultravioleta, reduzindo assim a probabilidade de retorno das férias com filtros solares vencidos.

Use protetores solares veganos

Se você realmente quer cuidar de sua pele e de quebra ainda ajudar o meio ambiente, escolha um filtro solar vegano, produzido a partir de componentes orgânicos e naturais, que não usam animais em sua composição ou teste.

Mas, vale ressaltar que nesse caso o seu uso constante é ainda mais recomendado, pois por se tratar de um produto natural e sem conservantes, acaba que sua data de validade pode ser menor do que produtos recheados de conservantes. Fica a dica!